10 jogadores do futebol nacional que poderão mudar de ares neste verão

Guarda Redes da seleção portuguesa

A qualidade da Primeira Liga de Futebol é cada vez mais evidente e a prova disso mesmo é o facto dos clubes portugueses serem cada vez melhores formadores e vendedores. Conheça 10 jogadores do futebol nacional que poderão mudar de ares neste verão e que rechearão os cofres dos seus clubes com as respetivas vendas.

1. Islam Slimani

Islam Slimani

São mais de uma dezena os clubes interessados na contratação do avançado argelino que atua no Sporting. No entanto, os que têm sido referidos com mais insistência são o Leicester, da Premier League e o Fenerbahçe, da liga turca, especulando-se ainda sobre o interesse de Real Sociedad, Mónaco e Marselha.

O principal obstáculo desta transferência prende-se com o elevado valor que o clube detentor do seu passe exige. Na verdade, a excelente capacidade de finalização, a facilidade no jogo aéreo e a disciplina de jogo são qualidades que parecem justificar os 12 milhões de euros que a SAD do Sporting parece exigir.

2. William Carvalho

William Carvalho

O internacional português é, talvez, o jogador de quem mais se tem falado para protagonizar uma transferência milionária. O jogador tem uma cláusula de rescisão de 45 milhões de euros e o Sporting não parece disposto a baixar esse valor, mesmo depois de anunciada uma lesão que o manterá afastado dos relvados por aproximadamente 3 meses. No entanto, a sua incrível capacidade de domínio do meio campo defensivo faz dele um jogador altamente cobiçado. O Mónaco e o Arsenal foram os clubes mais “falados” para adquirirem o seu passe, mas o técnico Jorge Jesus e a direção do SCP parecem pouco interessados em desfazer-se do jogador.

3. Jonas

O avançado brasileiro que atua no Benfica já foi dado como reforço dos chineses do Guangzhou pela comunicação social, apesar do clube da luz e do próprio empresário o terem imediatamente refutado. O certo, no entanto, é que a qualidade técnica do jogador motiva a cobiça de muitos clubes, nomeadamente a sua capacidade concretizadora e a facilidade de jogo no interior da área adversária. Nunca foram apresentados valores concretos para uma transferência mas vários jornais anunciaram uma oferta próxima dos 10 milhões de euros.

4. Nico Gaitán

Já muito se escreveu sobre a transferência de Nico Gaitán, do Benfica, mas, até à data, o argentino continua ao serviço dos encarnados. O extremo tecnicista já foi dado como certo pelos jornais desportivos no Manchester United para colmatar uma eventual saída de Di María. No entanto, a cláusula de rescisão é bastante elevada – 35 milhões – e não se prevê que o Benfica facilite a sua saída por um valor inferior.

5. Alex Sandro

O defesa brasileiro do Porto é um dos jogadores do atual plantel azul e branco com mais clubes interessados na sua contratação. Já se falou no interesse de Manchester City, Atlético de Madrid, PSG, Juventus, mas o FC Porto sente-se salvaguardado pela cláusula de rescisão do jogador de 50 milhões de euros e parece não querer abrir mão de um dos seus ativos mais importantes.

6. Rui Patrício

O guarda-redes do Sporting e da seleção nacional tem uma cláusula de rescisão de 40 milhões de euros, mas não é por isso que deixa de ser notícia em todas as “janelas” de transferências. Trata-se de um guarda-redes com excelentes reflexos que despertou o interesse de grandes clubes como Tottenham, Mónaco e Liverpool. No entanto, a sua saída do Sporting parece não passar de pura especulação jornalística devido às exigências financeiras do Sporting que pretende mantê-lo no plantel, a não ser que surja uma proposta próxima da cláusula de rescisão.

7. José Sá

O guarda-redes do Marítimo, titular da seleção de Sub-21, é uma das estrelas da atualidade, tal a categoria evidenciada na fase final do mundial da respetiva categoria. O jogador tem uma cláusula de rescisão de 4 milhões de euros. O facto de ter pertencido à formação do Benfica faz com que os encarnados tenham direito de preferência numa eventual transferência, pelo que o clube da Luz é o seu destino mais provável.

8. Rafa

Trata-se de um médio ofensivo com elevada técnica individual e excelente capacidade de drible e de passe. O internacional português já despertou o interesse de vários clubes, como o Porto, o Tottenham, a Real Sociedad e o Everton. Contudo, o SC Braga, detentor de 50% do seu passe, não aceita propostas abaixo dos 10 milhões de euros.

9. Ola John

Ola John é uma eterna promessa benfiquista. Trata-se de um médio de transição que também pode atuar como extremo, mas não tem sido a mais-valia que se pretendia que fosse. Assim, é possível que mude de ares ainda neste defeso anunciando-se como interessados o West Ham ou o Crystal Palace, que tentam baixar a verba pedida pelo clube da Luz: 12 milhões de euros.

10. Adrien Silva

Trata-se de um médio de transição de grande qualidade, hábil no transporte de jogo, na recuperação da bola e no passe. Existem vários clubes interessados na sua contratação, e o Mónaco chegou a oferecer 15 milhões de euros pelo passe do jogador. Contudo, a sua saída torna-se pouco provável tendo em conta a importância do jogador no plantel e a cláusula de rescisão – 25 milhões – que o Sporting exige.

Fontes imagens: 1,2,3,4,5,6,7,8,9,10
A sua votação: