As equipas favoritas à conquista da liga dos Campeões 2013/2014

Normalmente, as melhores equipas da Europa estão presentes na Liga dos Campeões, mas só uma é que consegue sagrar-se como campeã. Na realidade atual do futebol europeu, é possível identificar claramente duas equipas de cada uma das melhores ligas da Europa como candidatas à vitória: Barcelona e Real Madrid, de Espanha; Borussia de Dortmund e Bayern de Munique, da Alemanha; Juventus e Milan, de Itália e Chelsea e Manchester United, de Inglaterra. Para completar o lote dos 10 potenciais vencedores, é preciso adicionar duas outras equipas: a terceira equipa espanhola, o Atlético de Madrid e os franceses do PSG.

Neste artigo dividiremos os candidatos em dois grupos: os quatro candidatos normalmente apontados pela generalidade dos analistas como os mais fortes e outros seis que poderão constituir uma certa surpresa no caso de conquistarem o troféu. A estes faremos uma abordagem mais breve. Conheça as equipas favoritas à conquista da liga dos Campeões 2013/2014 e aposte já na sua favorita.

1. Bayern de Munique

O Bayern de Munique, campeão em título, possui uma equipa considerada por muitos como quase perfeita. Atletas de altíssima qualidade constituem um conjunto muito coeso, com a segurança defensiva de um craque como o gigante brasileiro Dante e um guarda-redes magnífico, talvez o melhor do mundo, Manuel Neuer; na frente de ataque pontificam Ribéry e T. Muller, A. Robben e T. Kroos mas o mérito maior advém da coesão do grupo, muito bem gerido por Pepe Guardiola. O técnico espanhol, talvez inspirado pela escola holandesa dos anos setenta conseguir impor no Bayern aquele estilo de jogo apoiado, coeso, com progressão em bloco e privilegiando a posse de bola que já tinha experimentado com sucesso no Barcelona.

2. Barcelona

Um clube que conta nas suas fileiras com génios como Neymar e Messi é, só por isso, inevitável candidato ao título europeu. Mas o Barcelona é muito mais que isso; é uma equipa que herdou o estilo de jogo que Guardiola implementou, ou seja, um tipo de futebol onde se torna desesperante “roubar” a bola aos catalães. O já famoso “carrossel” continua a dar resultados excelentes e a garantia de qualidade de atletas como Iniesta, Xabi, Pedro, Piqué, Fàbregas, etc. faz com que este seja um candidato real e poderoso.

3. Real Madrid

O Real Madrid é sempre um candidato incontornável. Os seus grandes trunfos são, sem dúvida, os extraordinários médios e avançados que possui. Um meio campo capaz de efetuar transições rápidas e uma frente de ataque muito poderosa são os maiores argumentos. Aí o destaque vai, sem dúvida, para Cristiano Ronaldo, um jogador explosivo e temível na desmarcação e remate, agora acompanhado por uma das contratações mais valiosas do defeso: o galês G. Bale.

4. Borussia de Dortmund

Derrotado na final do ano transato, o Borussia de Dortmund é um forte candidato a opor-se às três equipas atrás mencionadas. Os seus trunfos maiores são jogadores de eleição como o temível avançado polaco R. Lewandowski ou os médios M. Reus e S. Bender. No entanto, talvez o segredo do sucesso passe também por uma imagem de coesão e espírito guerreiro que o técnico atual, Jürgen Klopp, herdou da época passada e continua a cultivar. Por outro lado, os jogos em casa continuam a ser absolutamente infernais para os adversários, tal o ambiente criado pelos adeptos.

5. O Paris Saint-Germain

O Paris Saint-Germain é um dos clubes que mais se reforçou com vista à Champions League. Ibrahimovic é sem dúvida o maior dos seus trunfos. No entanto, conta com nomes muito sonantes como Lavezzi e Cavani. A falta de entrosamento entre estas estrelas e a dificuldade de atacar em espaços curtos pode constituir algum obstáculo.

6. Chelsea

O Chelsea tem como principal trunfo o técnico José Mourinho, um treinador polémico mas ambicioso e muito competente. A equipa tem revelado alguns desequilíbrios, mas é inquestionável a classe de jogadores como o guarda-redes P. Cech, David Luís, Ramirez ou F. Torres. O poder financeiro do clube é outro fator não negligenciável.

7. Atlético de Madrid

O Atlético de Madrid é considerado por muitos como um outsider entre os candidatos. Mas a coesão, o espírito de equipa e a garra desta equipa são trunfos inquestionáveis. Mesmo perdendo Falcão para o Mónaco, os “Colchoneros” mantêm jogadores de grande categoria como o guardião Courtois e os temíveis avançados Diego Costa e D. Villa.

8. Manchester United

A saída do mítico técnico Sir Alex Ferguson foi uma grande perda para o Manchester United; no entanto, a categoria de W. Rooney ou Van Persie continuam a ser trunfos poderosos. Por outro lado, a tradição deste clube e a experiencia de muitos dos seus jogadores podem ser fatores decisivos para que este clube se torne um real candidato ao título europeu.

9. Juventus

A equipa de Turim talvez apresente alguns desequilíbrios, mas terá certamente uma palavra a dizer na competição. Nesta época, os seus grandes trunfos são sem dúvida o médio A. Pirlo e o treinador A. Conte. No entanto, tudo dependerá muito do rendimento de alguns jogadores que nem sempre têm rendido aquilo que deles se esperava, como Fernando Llorente ou Carlos Tévez.

10. AC Milan

O AC Milan é um candidato tradicional e incontornável. No entanto, um dos seus jogadores mais talentosos, o polémico M. Balotelli poderá ser o “fiel da balança”. Se este genial italiano fizer uma boa época poderá ser um triunfo poderoso mas se isso não acontecer poderá ser mais uma fonte de problemas. Seja como for, prevalecem grandes valores individuais como El-Shaarawy ou S. Muntari.

A sua votação: